Trabalhos de Conclusão de Curso

Desenvolvimento de um Sistema Habitacional

Apresentação

Lançado em 2009, o programa Minha Casa Minha Vida foi responsável por uma revolução na construção civil brasileira, sendo responsável por manter por alguns anos um elevado investimento na área da habitação de caráter social no país. Contudo, muitas das unidades produzidas apresentam inúmeras deficiências, sendo que há grande crítica em relação à área das residências, ao número de ambientes e à ausência de ambientes complementares.

Além das críticas relacionadas ao dimensionamento das unidades, também percebe-se uma insuficiência em relação ao desempenho térmico destas edificações, tanto em relação aos materiais utilizados na envoltória, muitas vezes inadequados ao clima em que se está inserido, bem como da orientação dos ambientes em relação à sua implantação. Este trabalho visa explorar a utilização da gramática da forma como ferramenta para a geração de unidades habitacionais adaptadas às diferentes zonas climáticas. Durante a pesquisa priorizou-se a elaboração de um sistema de regras que permite a criação de residências unifamiliares flexíveis e confortáveis aos usuários, possibilitando a customização das unidades sem que aja perda de qualidade no ambiente construído. 

Além disso, foi realizado um levantamento do estado da arte da aplicação da gramática da forma como um sistema para a geração de projetos habitacionais. A partir deste corpo de conhecimento foram analisados diferentes projetos de conjuntos habitacionais financiados pelo governo federal por meio do programa Minha Casa Minha Vida. Este processo possibilitou a criação de um diagrama que relaciona as principais deficiências observadas na maioria dos projetos estudados. Podem ser citadas como exemplo a área das unidades, a baixa qualidade construtiva, com materiais inadequados ao clima do projeto implantado, a inconsistência dos layouts em relação à orientação das residências e a inexistência de cenários de customização da habitação. A partir destas observações foram definidas as diretrizes da gramática. O conjunto de regras permite a criação de diferentes tipologias de residência embrião e a posterior customização a partir da adição de novos ambientes. O trabalho apresentará a aplicação da gramática para a geração de unidades habitacionais na cidade de Lages (Zona Bioclimática 1) e Florianópolis (Zona Bioclimática 3) e estudos de simulação que permitem verificar a adequação das residências em relação ao clima em estão inseridas.